Cadastrar Startup

O Poder do Linkedin para Startups com soluções B2B

Como utilizar a plataforma para fazer negócios e alavancar seus resultados

Conhecido como “a rede social profissional”, o LinkedIn, criado em 2002, possui hoje mais de 575 milhões de usuários. 

Desses, mais de 260 milhões estão ativos mensalmente. A rede vem crescendo exponencialmente nos últimos anos e cada vez mais, tem se tornado uma ferramenta importante para os negócios de grandes e pequenas empresas. Não somente um repositório de currículos online, como muitos ainda pensam.

Grande parte da visibilidade que o LinkedIn conquistou no mundo dos negócios se deve ao fato de que a rede se tornou um ambiente perfeito para a prática de social selling (em tradução livre, venda social). O termo significa o processo de criação de relacionamentos e vendas por meio das redes sociais.

Esse relacionamento é o motor propulsor da mídia social de negócios, inclusive existe até uma ferramenta nativa no Linkedin que disponibiliza as métricas essenciais de como você se relaciona com sua rede de contatos e onde você precisa melhorar. Abaixo pode-se ver um exemplo prático de como o SSI (Social Sales Index) é exibido para o usuário.

O mais importante é entender que pessoas não estão mais nas redes sociais somente para fazer amigos, elas também se interessam em interagir com marcas e empresas que admiram. Querem conhecer novos produtos e também fazer negócios. No modelo B2B, elas estão dispostas a conhecer soluções que resolvam problemas do seu dia a dia de trabalho e essa é uma grande oportunidade para startups que desenvolvem e oferecem essas soluções.

Então, os vendedores precisam estar no lugar certo e na hora certa para interagir com essas pessoas. Porém, não estamos falando aqui de fazer hard sell, aquela venda direta e incisiva. O processo agora acontece por meio da criação de confiança e relacionamento entre vendedor e cliente, ou seja, NÃO aborde alguém que nunca viu na vida e saia oferecendo seu produto ou serviço através das mensagens privadas da plataforma

Podemos dizer que relacionamento é o ponto chave para o sucesso das empresas que querem fazer negócios no LinkedIn. Pensando nesse cenário, é muito comum vermos algumas práticas recorrentes de empresas que acabam atrapalhando esse processo de construção de relacionamentos e insistindo em pular etapas.

Uma delas, segundo o especialista em Marketing Weber Rangel, é não entender para quem estão comunicando. A maior parte das empresas não desenha a sua persona ou faz uma segmentação de público alvo, e com isso, acaba por abordar possíveis clientes sem estratégia e com um script de vendas engessado e vazio, fracassando logo no primeiro contato.

Portanto, o primeiro passo para uma estratégia de sucesso é saber para quem a sua empresa quer falar, conhecer a fundo o seu público. Após isso, é preciso criar uma jornada de compra, pois nem sempre os potenciais clientes estarão no mesmo nível ou no momento certo de compra, o que significa que precisam ser abordados de formas distintas. 

Desenvolvendo Conteúdo de Valor

Outra estratégia que funciona muito bem na rede é a criação de conteúdo de valor. E o LinkedIn é uma rede onde pouquíssimos usuários criam conteúdo, o que significa que há um potencial enorme a ser explorado. No marketing existe uma regra de Participação Desigual nas Mídias Sociais, conhecida como 90-9-1.

Aplicando essa regra ao LinkedIn, percebe-se que 90% dos usuários estão na rede e nunca fazem nenhuma contribuição, 9% contribuem de forma tímida e apenas 1% é ativo na produção de conteúdo, interação com leads e construção de relacionamentos.

Essa métrica nos mostra claramente que há espaço para que as empresas construam relacionamentos baseados em oferecer conteúdo rico, que agregue valor à jornada do cliente e, por consequência, amplie as possibilidades de negócios. Esse é o principal fator de sucesso para muitos que já utilizam a rede social profissional para fazer negócios B2B.

Conseguiu perceber o quanto a sua empresa ou startup pode se beneficiar das relações criadas via LinkedIn? A tecnologia nos possibilitou criar formas de interação jamais imaginadas e, com isso, o potencial de alcance dos negócios cresce cada dia mais. E todos saem ganhando, sua startup, seu cliente e o mercado como um todo.

Aproveite os insights criados a partir desse conteúdo para se aprofundar e começar hoje mesmo uma estratégia para transformar o LinkedIn da sua empresa em uma ferramenta crucial para os bons resultados do seu negócio. A plataforma ainda é considerada por muitos um “oceano azul” e só depende de você criar oportunidades para o desenvolvimento do seu negócio.

Quer se aprofundar mais?!? Assista a essa Live que realizamos aqui na Farma com especialistas da área!